Agendamento em Clínicas Veterinárias: Diante da quarentena veja qual a importância de se adotar essa

Muitos tutores ainda têm o hábito de negligenciar visitas regulares dos seus animais de estimação ao veterinário, e utilizam diversas justificativas, como por exemplo, a visita estressar o animal, não possuir tempo para levá-lo ou por ser um mal-estar temporário.

Diante da quarentena esse problema se torna ainda maior, porque sem um agendamento prévio a sala de espera pode ficar cheia. E como já sabemos, o coronavírus é transmitido pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, e por conta da sua alta taxa de transmissão o país está em quarentena, no entanto, muitos serviços considerados como essenciais precisam continuam funcionando, e este é o caso das clínicas veterinárias, visto que não podemos deixar os animais sem atendimento médico.

Por essa razão é de extrema importância que os médicos veterinários além de adotar medidas higiênicas mais rigorosas, também reforcem aos seus clientes a importância do agendamento clínico. Evitando aglomerações na sala de espera, e tendo maior controle dos atendimentos de urgência.

Já adotou medidas higiênicas, mas ainda não promoveu seu diferencial? Possui um serviço de gestão, mas não consegue comunicar e convencer seus clientes de sua importância? A EMVEP Jr realiza serviços na área de marketing digital, por meio de marketing de conteúdo em formato de texto, vídeo e imagens, juntamente com análise de dados de publicações, que auxiliam você a ter um bom relacionamento com o seu cliente. Ficou interessado? Entre em contato!

Devido aos tutores só levarem seus pets quando apresentam algum sinal clínico como vômito, diarreia, apatia, emagrecimento progressivo, dificuldade respiratória, etc, dificulta a identificação e diagnóstico correto, pois diversas doenças apresentam sintomatologias semelhantes, sendo assim, o histórico clínico do animal, como por exemplo, vacinas, doenças anteriores, exames, idade, raça, entre outros fatores são de vital importância para direcionar o clínico a conseguir fechar o caso. Portanto, uma rotina de visitas periódicas ao veterinário, juntamente a exames regulares é de fundamental importância para o monitoramento da saúde do animal.

A frequência de visitas, vacinação, assim como de exames variam conforme a idade, raça, doenças endêmicas da região, estado nutricional do animal e doenças crônicas, devido à grande gama de fatores envolvidos, deve-se consultar um veterinário para personalizar as diretrizes de visitas, exames e vacinas para seu animal.

Para cães saudáveis e desprovidos de problemas clínicos, pode-se adotar as visitas conforme a idade. Para animais jovens é aconselhável consultas mensais até os 6 meses de idade, pois nesse período estes irão tomar as vacinas obrigatórias, e será monitorado o crescimento do pet conforme a raça, habituação ao manejo, procedimentos de higiene (como limpeza bucal e corta de pelos). Quando adultos (após 7 meses de idade) pode-se partir para consultas anuais, sempre seguindo a carteira de vacinação, exames periódicos pedidos e retorno exigido pelo veterinário. Para animais com idade superior a 7 anos (varia conforme a raça) é aconselhável consultas semestrais no mínimo, lembrando sempre que se o animal apresentar sinais de alterações comportamentais, como por exemplo, apatia ou aumento de agressividade, vômito, diarreia ou outros sinais clínicos deve-se consultar um veterinário o mais breve possível.

A visita ao veterinário possibilita detectar doenças em seu estágio inicial, o que facilita sua resolução, melhora o prognóstico e diminui o sofrimento do pet, muitas doenças acarretam pequenas alterações no organismo do animal, as quais muitas vezes o tutor não percebe devido a falta de conhecimento, sendo que em uma anamnese feita pelo veterinário essas modificações são identificadas, e posteriormente solicitados exames complementares para acompanhar e observar a possível enfermidade do animal.

Adicionalmente, o veterinário pode orientar o tutor a adotar cuidados básicos, muitas vezes negligenciados, como por exemplo, realizar a vermifugação, identificar a presença de ectoparasitas ou sarnas, adequar a quantidade máxima de petiscos fornecidos diariamente para evitar que o pet engorde, dietas específicas destinadas a animais obesos, brinquedos adequados, entre outros. Existe uma grande variedade de brinquedos, porém não são todos adequados para todas as raças ou fazes da vida, como por exemplo, é contraindicado fornecer brinquedos duros a animais idosos, pois seus dentes são mais frágeis comparados a animais mais jovens.

Portanto, é recomendado que os tutores tenham em mente que é preciso levar seus animais de estimação para consultas regulares ao veterinário e seguir as recomendações propostas pelo profissional escolhido, pois essas medidas asseguram o correto acompanhamento da saúde do pet, e assim possibilita ao animal ter uma vida longeva ao lado de sua família.


Você tem dúvidas de como organizar a rotina da sua clínica? Ainda não possui um método para organizar o atendimento diário e de urgência da sua clínica? A EMVEP Jr oferece serviços de gestão para clínicas veterinárias como treinamento de funcionários, mapa de risco, planilhas personalizadas, controle de caixa, controle organizacional, diversos serviços para melhorar o atendimento e fluxo de funcionários, pessoas e animas dentro dela. Ficou interessado? Entre em contato!



Referências Bibliográficas

Importância da clínica veterinária. Disponível em: https://www.vetquality.com.br. Acessado em: 07/04/2020

Qual a frequência ideal para levar o pet ao veterinário. Disponível em: <http://www.petcidade.com.br>. Acessado em: 07/04/2020

Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Av. Duque de Caxias Norte, 225 - Pirassununga - SP
Universidade de São Paulo - Campus Fernando Costa

E-mail: emvepjr@emvepjr.com

Telefone: (19) 3565-4003 | (19) 98268-2768

  • Instagram
  • Facebook
  • YouTube
Patrocinador
Parceira